Mapa do Emprego

Em 2012, a M.Stortti realizou um estudo sobre a mão de obra qualificada na área de abrangência de 23 municípios no entorno da cidade de Guaíba. O objetivo foi sinalizar para a disponibilidade de trabalhadores para atender às demandas do Projeto Guaíba 2 da Celulose Riograndense. O projeto representa um dos maiores investimentos privados no Estado (5 bilhões) e deverá gerar 8 mil empregos diretos.

20130821

Licença social | EXPANSÃO DA CELULOSE COMEÇA DIA 8

Licença social (Zero Hora): o trabalho conjunto da Celulose Riograndense e do governo gaúcho, por meio do Desenvolve RS, para a ampliação da unidade em Guaíba é um processo que deve se tornar case de sucesso em aprendizado, diz o presidente da empresa, Walter Lídio Nunes.

EXPANSÃO DA CELULOSE COMEÇA DIA 8 (Correio do Povo): No bairro Alegria, em Guaíba, a Celulose Riograndense lança, às 10h30min do próximo dia 8, a pedra fundamental do investimento de mais de R$ 5 bilhões para expansão da fábrica de produção de celulose branqueada de eucalipto em três grandes áreas – industrial, florestal e infraestrutura – até 2015. A capacidade de produção da unidade aumentará em mais de três vezes.

Continuar lendo

Começou mesmo a obra da Celulose em Guaíba

Máquinas iniciaram a obra de R$ 5 bilhões

Jornal do Comércio 29/05/13
Painel Econômico
Danilo Ucha | ucha@jornaldocomercio.com.br

A buraqueira começa a tomar conta do entorno da atual fábrica da Celulose Riograndense, em Guaíba, onde já está funcionando até o restaurante no qual o governador Tarso Genro almoçará com os operários no dia 8 de agosto, lançamento da pedra fundamental do novo complexo industrial, avaliado em R$ 5 bilhões.

Continuar lendo

Obras de expansão da CMPC vão gerar 7 mil empregos

O projeto de ampliação da planta da CMPC Celulose Riograndense, localizada em Guaíba, já está em desenvolvimento. O presidente da empresa, Walter Lídio Nunes, recorda que a iniciativa deverá ser concluída em meados de 2015. O executivo adianta que o número de trabalhadores crescerá gradativamente no decorrer das obras e que o pico de geração de postos de trabalho diretos deverá atingir em torno de 7 mil pessoas na metade do próximo ano.

Jornal do Comércio 21/05/13

Continuar lendo

Parceria Público-Privada para a educação

Comunique-se 13/02/13 | INCorporativa 13/02/13 | JorNow 14/02/13

A Celulose Riograndense elegeu o município de Guaíba (RS) para receber R$ 8,6 bilhões de seus acionistas. Em até dois anos, a linha 2 da fábrica de celulose inicia as suas operações recrutando profissionais da construção civil, metal-mecânica, elétrica, instrumentação e automação e outras para preencher mais de oito mil postos de trabalho. Para tanto, conta com o apoio de sindicatos e órgãos públicos para desenvolver o programa de capacitação e recrutamento batizado de Projeto Guaíba 2, que em janeiro (17) foi exposto a prefeitos, entidades representativas do trabalho e secretários do Estado.

Continuar lendo

Mapa do emprego: Celulose Riograndense

Começou a corrida pelos 8,4 mil empregos oferecidos pela Celulose Riograndense, mas poderá haver dificuldade em contratar a mão de obra necessária para a ampliação do parque industrial de Guaíba.

Painel Florestal 18/01/13

Há falta principalmente de trabalhadores na construção civil, que deve responder por 6 mil das vagas abertas.

Continuar lendo