Synthos esclarece que não desistiu de construir fábrica no Rio Grande do Sul

22 de julho de 2014 | Giane Guerra

A Synthos enfatiza que não desistiu de construir uma fábrica de borracha sintética no Rio Grande do Sul. A posição foi dada ao blog Acerto de Conta$ e à Rádio Gaúcha após a notícia de que a empresa havia suspendido o projeto no Polo Petroquímico de Triunfo pelo atraso no acordo para fornecimento de matéria-prima.

Leia: Suspenso projeto para fábrica de borracha sintética no Rio Grande do Sul

Representante legal da empresa polonesa no Brasil, Maurênio Stortti conta que a Synthos já conseguiu a licença prévia da Fepam e também contratou uma empresa de engenharia para o projeto da fábrica. Além disso, registrou CNPJ e prepara a documentação para enquadramento em programas de incentivos fiscais.

– Confiamos em um desfecho positivo. – afirma Stortti.

Para a construção sair, de qualquer forma, é preciso que a Braskem consiga garantir prazo e preço do insumo butadieno. Para isso, tem que negociar o acordo de compra de nafta da Petrobras, que está exigindo repasse do custo de importação, o que elevaria preços, afetando a competitividade do projeto.

O contrato assinado em março entre Braskem e Synthos estabelecia prazo de 30 de junho para a garantia. No entanto, as negociações continuam com a Petrobras.

http://wp.clicrbs.com.br/acertodecontas/2014/07/22/synthos-esclarece-que-nao-desistiu-de-construir-fabrica-no-rio-grande-do-sul/?topo=52,1,1,,171,e186

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *