Synthos afirma investimentos no Polo Petroquímico de Triunfo

 

O representante administrativo da Synthos no Brasil, Maurênio Stortti, esclarece sobre a construção da fábrica polonesa no Rio Grande do Sul. Nos últimos dias, circulou a notícia de suspensão da planta no Polo Petroquímico de Triunfo pelo atraso no acordo para fornecimento de matéria-prima. Contudo, afirma o gestor, o projeto segue.

“A Synthos ainda está muito interessada em operar no Brasil com a produção de borracha sintética”, enfatiza Maurenio Stortti.

A empresa polonesa já concluiu acordos de fornecimento pela fabricação brasileira aos clientes Pirelli e Michelin. A etapa no momento é de ajustes comerciais para a aquisição de matéria-prima com a Petrobrás e Braskem.

“Estão sendo realizadas todas as atividades preparatórias, como a obtenção de licença prévia já cedida pela Fepam, contratação de uma empresa de engenharia para projetar a fábrica de borracha sintética no Rio Grande do Sul e a providência de documentação para o enquadramento em programas de incentivos”, observa Maurenio Stortti.

Aline Wolff da Fontoura
Jornalista | Assessora de Imprensa – MTB/RS 12.406 | (51) 3023.5993  aline@whcomunicacao.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *